Fundo laranja

Sociedade uniprofissional para advogados: entenda os prós e contras

A sociedade uniprofissional é um tema que vem sendo muito debatido no mundo dos advogados. Não ter sócios pode apresentar algum tipo de vantagem em relação a relacionamentos, como também algumas dificuldades quanto a expertise de trabalhos.

Mas você já pensou em como gerir a contabilidade de um escritório de advocacia sozinho? É no mínimo desafiador. E esta é uma situação comum para quem empreende solo no ramo do Direito.

Neste artigo, você vai entender mais sobre a sociedade uniprofissional e como lidar com a contabilidade para escritório de advocacia. 

Explicando a sociedade uniprofissional

Como o nome já indica, a sociedade uniprofissional é aquela que permite que um trabalhador autônomo estabeleça um negócio. Sendo assim, no caso citado neste artigo, é a possibilidade de um advogado registrado na OAB montar um escritório por conta própria, sem a necessidade de se associar a outros advogados.

A advocacia tradicional tem perdido a força, os indivíduos têm seguido uma trajetória menos convencional e o melhor: focando ainda mais nas pessoas, sem deixar de lado os benefícios da liberdade

E esta é uma ótima opção para quem deseja iniciar ou dar continuidade à carreira de maneira independente. Essa escolha tem crescido bastante com o advento da tecnologia, que trouxe maior flexibilidade de gestão para aqueles que decidem caminhar por conta própria. 

A partir desse contexto, vamos falar dos benefícios? 

O que vocês precisam saber sobre a sociedade uniprofissional para advogados 

Como já falamos anteriormente, a flexibilidade é o ponto primordial nesse quesito, dando uma maior liberdade para executar suas atividades, fazer o  próprio horário e organizar a rotina como deseja. 

Além disso, a categoria se enquadra no Simples Nacional, ou seja, o regime de arrecadação e fiscalização de tributos aplicável às microempresas e as de pequeno porte, contemplando aquelas com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões.

Assim, o profissional que desejar esse tipo de sociedade pagará menos tributos em relação às outras categorias, uma oportunidade para facilitar o dia a dia do trabalho. 

Já quando citamos as dificuldades nesta escolha, é importante frisar que, ao decidir por este ramo, deve ter em mente que será necessário um bom planejamento estratégico de gestão para cumprir com as obrigações administrativas e financeiras. 

Estar à frente de um negócio sozinho pode ser um pouco mais complicado para atender todas as demandas com excelência, além de questões de captação de clientes e marketing jurídico. Então, alinhar tempo, estratégia e prática pode ser bem desafiador, mas nada que não possa ser resolvido. 

Como lidar com a contabilidade de um escritório de advocacia? 

Já que nós somos especialistas em desenvolver soluções contábeis para empreendimentos de todos os portes, unimos a nossa experiência ao crescimento tecnológico para auxiliar os profissionais que desejam progredir no ramo que tanto sonham, sejam acompanhados ou não. 

Por isso, atuamos nas necessidades e nas melhorias de acordo com a demanda de cada cliente com diversos serviços que abrangem por completo a gestão do patrimônio de pessoas físicas e jurídicas. 

Para acompanhar e saber mais sobre o mundo da contabilidade para escritórios de advocacia, assinem a nossa newsletter!